Marketing digital para e-commerce

Se você possui um e-commerce, lida diretamente com as suas ações de marketing ou conta com uma agência de e-commerce, é importante acompanhar este conteúdo, pois traremos dicas valiosas de como você pode alavancar os resultados do seu e-commerce e gerar cada vez mais vendas para sua loja virtual. Acompanhe.

Tráfego para loja virtual

Um dos fatores mais importantes, se não o mais importante no quesito de vendas de uma loja virtual, é o volume de visitas que ela possui. Considerando a taxa de conversão média de 1%, é necessário gerar 100 visitas para que ocorra 1 venda.

Pode ver que o volume necessário para que possa atingir o volume de vendas esperado depende muito da capacidade de geração de visitas que é possível ter.

Sendo assim, temos algumas formas de geração de tráfego para uma loja virtual, eis algumas delas:

Google Ads

Através do Google Ads, uma mídia paga, é possível gerar visitas qualificadas que já possuem a intenção de compra. Aqui o objetivo é ser muito performático, ou seja, com menor investimento, gerar o maior volume de vendas.

É preciso estar atento a concorrência de mercado que ditam um pouco o investimento necessário, para que assim você consiga planejar o seu orçamento de mídia, e ao mesmo tempo ser competitivo.

Social Ads

Outras mídias pagas que contribuem para aumentar as visitas da loja são as redes sociais em sua plataforma de anúncios, seja ela o Facebook Ads, Instagram Ads ou qualquer outra mídia social que faça sentido para o negócio.

É importante saber trabalhar os estágios, momento de compra dos visitantes para extrair o máximo de resultado dessas mídias. Sendo assim, estratégias envolvendo geração de demanda, meio e fundo de funil precisam ser trabalhadas de forma inteligente para ter obter o melhor ROI e contribuir também para conversões em outras mídias, pensando no fluxo de compra do visitante.

SEO

O SEO (Search Engine Optimization) trabalha de forma diferente dos relatados acima. Uma estratégia que envolve melhoria do tráfego orgânico da loja, ou seja, ao invés de comprar termos e aparecer, através de otimizações que envolvem a autoridade, conteúdo, codificação e experiência do usuário, o e-commerce se posiciona nos resultados de busca de forma orgânica.

Trata-se de uma estratégia de médio a longo prazo, ao contrário da mídia que tem seu resultado, relativamente, a curto prazo. Através de diversas técnicas, as melhorias vão posicionando os principais termos do negócio das primeiras páginas dos mecanismos de busca, e assim maior probabilidade de cliques e acessos ao e-commerce.

Email

Outra maneira efetiva de gerar visitas para sua loja é através da sua base de emails. É importante sempre aumentar sua base de leads como forma de aumentar os resultados do seu email.

Vale lembrar que aumentar a base de emails deve ser feito de forma certa e consciente, ou seja, nada de comprar base de email, pois são pessoas que não te conhece, e isso pode prejudicar suas ações de marketing, seja na taxa de conversão, descadastros ou até mesmo inflar a sua base de pessoas não engajadas e você consumir um plano de ferramenta de email maior do que necessário.

Parcerias

Outro modelos de você gerar visitas para o seu e-commerce é através de ações de parceria. Isso pode ser através de um blog do seu nicho, uma ação com influenciador e etc. É necessário tomar cuidado com a parceria, de modo a pensar se está alinhado ao perfil de cliente da sua loja, caso contrário, será somente um gasto de tempo ou dinheiro desperdiçado.

Podem ser ótimas alternativas para gerar tráfego qualificado, muitas vezes em fase inicial do e-commerce quando não há tanto investimento para mídia paga. Você pode bonificar de acordo com a performance, de acordo o formato que você combina com a outra parte.

Experiência do usuário

Agora que você conhece alguns canais para geração de tráfego para sua loja virtual, devemos também abordar um tema importante no e-commerce, que é a experiência que o visitante tem na sua loja virtual.

Do que adianta gerar um alto volume de tráfego, sendo que o visitante possui uma péssima experiência de compra no seu e-commerce? Isso é refletido diretamente na taxa de conversão da sua loja, ou seja, o percentual de visitante que concluem a compra na sua loja.

Separei alguns fatores que podem ajudar a sua loja virtual a ter uma melhor performance na sua taxa de conversão, e assim gerar mais vendas para o e-commerce:

Selos e certificados – Selos e certificados podem ajudar a trazer maior confiança para o visitante no momento de compra. Como exemplos, temos: Selo Ebit, Certificados de segurança e antifraude.

Layout clean – Um layout pensado no usuário é fator importante para melhor experiência do usuário. Qual é o impacto que o visitante tem ao visitar seu e-commerce? Transmite confiança? É clean e fácil de encontrar o que procura?

Checkout fácil – O checkout é talvez a fase mais delicada no e-commerce, momento final de compra. Sendo assim, ter um checkout simples e fácil, ajudará o cliente a finalizar a compra. Ter muitos campos e muitas vezes desnecessários, prejudicam no momento de compra.

Fotos e descrições – Ter boas fotos e descrições ajudam o visitante a concluir a sua compra, e sanar todas as dúvidas antes de comprar algum item. Isso principalmente quando falamos de produtos de maior ticket médio.

O uso dos dados

Um dos diversos benefícios do marketing digital é o seu poder de mensuração. Você consegue saber exatamente o que aconteceu com aquela sua ação. Quanto gerou de tráfego, a origem, caminho do usuário até lá, entre outros dados que ajudam na tomada de decisão.

Tomar decisões sem dados é puro achismo, e maior margem de erro, além de queimar dinheiro. Por isso, a tecnologia está aí para ajudar a levantar essas informações, e assim, sermos mais assertivos nas ações. Eis algumas ferramentas que podem ajudar:

  • Google Analytics
  • Google Data Studio
  • Facebook Insights
  • Hotjar
  • Semrush

Gostou deste conteúdo? Deixe seu comentário.