Novo Fies 2020 – veja como irá funcionar

O FIES é um programa brasileiro bastante popular que ajuda jovens a pagarem a universidade. Ele existe há muitos anos e quem consegue ser beneficiado, consegue pagar a faculdade somente depois de se formar. O Fies, juntamente de outros programas estudantis, é sempre uma pauta muito popular na educação e no governo brasileiro. Por isso, há sempre melhorias e mudanças sendo feitas, a fim de atender melhor os jovens e toda a população que possua interesse.

O Fies 2020 está quase chegando e por isso é importante conferir todas as mudanças que foram anunciadas para a próxima edição do programa. Sabendo disso, você poderá se programar melhor e tomar todas as devidas providências para que consiga participar. A seguir, entenda como irá funcionar o Fies 2020.

Conheça o Fies

FIES é a sigla para Financiamento Estudantil, um programa criado há 20 anos que tem o intuito de ajudar os estudantes a pagarem pela graduação. Desde então o programa já passou por muitas mudanças e isso continua acontecendo, de tal forma a beneficiar ainda mais os jovens.

De modo geral, com o Fies, você pode conseguir um financiamento para pagar o curso, sendo que irá pagar as parcelas somente depois de se formar. Ao longo do curso, o estudante só precisa pagar um valor referente às taxas do financiamento a cada 3 meses, além de renovar o benefício a cada semestre no site do boleto fies.

Novas regras do Fies 2020

O Fies 2020 já foi anunciado e trouxe com eles algumas mudanças importantes. Todos os estudantes interessados em contratar o Fies 2020 devem ficar por dentro de todas as novas regras e alterações para que não sejam pegos de surpresa e consigam fazer uso do programa para se beneficiar.

Uma das principais mudanças no Fies 2020 é em relação com as taxas de juros. Para a nova edição, foi anunciada uma das taxas mais baixas do mercado para o Fies, sendo de 3,4% e ainda oferecendo um período de carência de 18 meses.

Taxas de juros Fies 2020

As taxas de juros do Fies 2020 são de grande importância pois elas determinam qual será o valor final do financiamento, de acordo com o valor do curso que o estudante selecionou. A nova taxa de juros já começa a valer no próximo ano, beneficiando aqueles que ainda vão solicitar o benefício.

Outras mudanças do Fies 2020

O Fies 2020 trouxe consigo mais algumas mudanças importantes e que você não deve deixar de saber. Para poder ser selecionado e receber o benefício do Fies, o estudante deve atender diversos critérios que são estabelecidos pelo governo federal.

Um desses critérios diz respeito à renda familiar do estudante e isso também sofreu uma pequena alteração. Até o momento, a renda bruta familiar mensal deveria ser de até 2,5 salários mínimos por pessoa. Com a mudança, podem participar do Fies jovens com uma renda familiar máxima de até 3 salários mínimos.

Mudou também as regiões prioritárias do Fies, ou seja, as regiões nos quais os jovens são contemplados primeiro. A distribuição de vagas do Fies agora levará em conta

diferentes fatores como a demanda por ensino superior em cada região e o Índice de Desenvolvimento Humano de cada município.

Fies 2020

O Fies 2020 abrirá suas inscrições em meados de fevereiro e para participar, você também deve ter feito o Enem e deve já ter garantido sua vaga na universidade. Dessa forma, poderá se inscrever e aguardar a seleção. Lembrando que é preciso ter um fiador e uma conta bancária na Caixa Econômica Federal ou no Banco do Brasil.

Participe e tenha a chance de conseguir fazer a sua graduação!

Sugestões de novos artigos podem deixar nos comentarios.