7 startups dos EUA que querem revolucionar o tratamento para Diabetes

A Diabetes cresce assustadoramente no mundo inteiro. Ela é uma condição em que uma pessoa possui níveis elevados de açúcar no sangue (glicose). Você desenvolve diabetes quando seu corpo não produz insulina suficiente. Sem insulina, o corpo não consegue obter a energia que necessita através da alimentação. Normalmente, uma glândula chamada pâncreas produz a insulina que transporta o açúcar no sangue para dentro das células. Na diabetes, o pâncreas não fornece insulina suficiente ou a insulina não funciona adequadamente.

Por ser uma doença tão séria e crescente, as soluções para o tratamento da diabetes se tornaram um grande mercado para startups inovadoras.

Por isso, resolvemos listar para vocês as 7 maiores startups dos Estados Unidos de acordo com o site Medical Startups voltadas a melhorar a vida dos diabéticos.

Confira a seguir.

Verily

País: EUA | Financiamento: US $ 1,8 bilhões

Estamos desenvolvendo ferramentas e plataformas para permitir uma coleta de dados de saúde mais contínua para tomadas de decisão oportunas e intervenções efetivas. Estamos realizando estudos longitudinais para entender melhor as formas de prever e prevenir o início e a progressão da diabetes. Estamos empreendendo esforços conjuntos significativos com parceiros para transformar radicalmente a forma como os cuidados de saúde são prestados.

Livongo

País: EUA | Financiamento: US $ 248,2 milhões

A Livongo nasceu para fortalecer todas as pessoas com condições crônicas para viver vidas melhores e mais saudáveis. Criamos experiências personalizadas, usando dados e ciência clínica que proporcionam resultados de saúde positivos e reduzem os custos.

ViaCyte

País: EUA | Financiamento: US $ 201,5 milhões

ViaCyte é um líder no campo emergente da medicina regenerativa. O produto inovador da ViaCyte baseia-se na diferenciação de células-tronco em precursores de células beta pancreáticas, com implante subcutâneo em um dispositivo médico de encapsulamento recuperável e de proteção imunológica.

Uma vez implantadas, as células precursoras amadurecem em células endócrinas que secretam insulina e outros hormônios de maneira regulada para controlar os níveis de glicose no sangue. O objetivo do ViaCyte é oferecer um produto que pode liberar pacientes com diabetes tipo 1 e tipo 2 de dependência de insulina a longo prazo.

Insuleto

País: EUA | Financiamento: US $ 185 milhões

A Insulet Corporation é uma empresa inovadora de dispositivos médicos dedicada a facilitar a vida das pessoas com diabetes. Através do OmniPod Insulin Management System, a Insulet procura expandir o uso da terapia com a bomba de insulina em pessoas com diabetes insulino-dependente. O OmniPod é uma bomba de insulina sem câmara revolucionária e fácil de usar que apresenta apenas duas partes e uma inserção de cânula totalmente automatizada.

Leia também: Como é possível reverter a diabetes?

Senseonics

País: EUA | Financiamento: $ 176.3 milhões

A Senseonics projetou o primeiro e único CGM com um sensor implantável que dura até 90 dias.

Noom

País: EUA | Financiamento: $ 114.7 milhões

Os programas totalmente móveis do Noom previnem, gerenciam e invertem as condições crônicas e pré-crônicas, como obesidade, diabetes e hipertensão.

Bigfoot Biomedical

País: EUA | Financiamento: US $ 92,5 milhões

Bigfoot Biomedical dedica-se a projetar um sistema de fornecimento de insulina mais simples, seguro e eficaz para pessoas com diabetes insulino-dependente.

Graças ao avanço da ciência e tecnologia, hoje é possível sonha com a cura da diabetes.

Que venham muitos outros apps por ai!